quarta-feira, 13 de abril de 2011

Novena das Mãos Ensanguentadas de Jesus

Ø Oração final para todos os dias da novena

Suplicando o poder das Mãos Ensanguentadas de Jesus
Cura-me, Senhor Jesus.
"Jesus, coloca Tuas Mãos benditas ensangüentadas, chagadas e abertas sobre mim neste momento.
Sinto-me completamente sem forças para prosseguir carregando as minhas cruzes.
Preciso que a força e o poder de Tuas Mãos, que suportaram a mais profunda dor ao serem pregadas na Cruz reergam-me e curem-me agora.
Jesus, não peço somente por mim, mas também por todos aqueles que mais amo. Nós precisamos desesperadamente de cura física e espiritual através do toque consolador de Tuas Mãos ensangüentadas e infinitamente poderosas.
Eu reconheço, apesar de toda a minha limitação e da infinidade dos meus pecados, que és Deus, Onipotente e Misericordioso para agir e realizar o impossível.
Com fé e total confiança posso dizer: "Mãos ensangüentadas de Jesus, Mãos feridas lá na Cruz! Vêm tocar em mim. Vem, Senhor Jesus!"
Concluir cada dia, rezando um Pai Nosso e um Glória, em agradecimento às graças, bênçãos e milagres que serão concedidos pelas Mãos ensangüentadas de Jesus através desta Novena.

Ø Primeiro dia

Tranquilizai-vos, não tenhais medo, sou Eu!... E disse a Pedro: 'Vem'. Pedro saiu da barca e caminhava sobre as águas ao encontro de Jesus.
Mas, redobrando a violência do vento, teve medo e, começou a afundar. Gritou: 'Senhor, salva-me'.
No mesmo instante, Jesus estendeu-lhe a Mão, segurou-o e disse: 'Homem de pouca Fé, por que duvidaste?' ...O vento cessou.
Então, os que estavam na barca prostraram-se diante d'Ele e disseram: 'Tu és verdadeiramente o Filho de Deus'" Mt 14, 27b. 29-32.
Jesus, fortes ondas de desespero têm investido contra mim. Aumenta a minha fé, porque estou com medo de afundar neste mar de angústia e dor.
Como fizeste a Pedro, suplico que me estendas Tua Mão poderosa e, com Autoridade de Filho de Deus, ordenes ao mal que se afaste de mim agora e para sempre. Amém.
Repita muitas vezes, neste 1º dia, a seguinte jaculatória:
"Jesus, pelo poder do Teu Sangue Redentor, suplico que aumentes a minha Fé"

Ø Segundo dia

"Sabendo Jesus que o Pai tudo Lhe dera nas Mãos, e que saíra de Deus e para Deus voltava, levantou-Se da mesa, depôs as Suas vestes, e, pegando uma toalha, cingiu-Se com ela.
Em seguida, deitou água numa bacia e começou a lavar os pés de Seus discípulos e a enxugá-los... 'Sabeis o que vos fiz?' ...
Se Eu, vosso Senhor e Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros. Dei-Vos o exemplo para que, como Eu vos fiz, assim façais também vós" Jo 13, 3-5.12c.14-15.
Jesus, Tu sabes que pouco me disponho a servir, mas muito desejo que me sirvam.
Não quero mais ser assim! Com Tuas Mãos humildes, arranca todo o orgulho que ainda me impede de "lavar os pés dos outros", especialmente daqueles mais próximos de mim. Amém.
Repita muitas vezes, neste 2º dia, a seguinte jaculatória:
"Jesus, pelo poder do Teu Sangue Redentor, suplico a humildade e o dom de servir"

Ø Terceiro dia

"Os escribas e os fariseus trouxeram-Lhe uma mulher que fora apanhada em adultério.
Puseram-na no meio da multidão e disseram a Jesus: 'Mestre, agora mesmo esta mulher foi apanhada em adutério.
Moisés mandou-nos na Lei que apedrejássemos tais mulheres. Que dizes Tu a isso?' Jesus, porém, Se inclinou para frente e com a Mão escrevia na terra.
Como eles insistissem, ergueu-Se e disse: 'Quem de vós estiver sem pecado, seja o primeiro a lhe atirar uma pedra'...
Eles foram se retirando um a um, até o último... Jesus ficou sozinho, com a mulher diante d'Ele... Perguntou-lhe: 'Ninguém te condenou?'.
Respondeu ela: 'Ninguém, Senhor'. Disse-lhe, então, Jesus: 'Nem Eu te condeno.
Vai e não tornes a pecar" Jo 8, 3-5.6b-9.10-11.
Jesus, como a pecadora deste Evangelho, preciso muitíssimo do Teu perdão.
Com Tuas Mãos benditas, toca agora e transforma meu coração - tão duro quanto as pedras das mãos dos fariseus - num coração de carne, que saiba perdoar porque foi perdoado por Ti. Amém.
Repita muitas vezes, neste 3º dia, a seguinte jaculatória:
"Jesus, pelo poder do Teu Sangue Redentor, suplico o Teu perdão e a graça de aprender a perdoar"

Ø Quarto dia

"Apresentaram-lhe, então, crianças para que as tocasse; mas os discípulos repreendiam os que as apresentavam.
Vendo-os, Jesus indignou-Se e disse-Lhes: 'Deixai vir a Mim os pequeninos e não os impeçais; porque o Reino de Deus é daqueles que se assemelham a eles.
Em verdade vos digo, todo o que não receber o Reino de Deus com a mentalidade de uma criança, nele não entrará'.
Em seguida, Ele abraçou e abençoou as crianças, impondo-lhes Suas Mãos" Mc 10, 13-16.
Jesus, volta o Teu olhar para a minha infância, quando só havia pureza em mim. Dá-me de novo aquele coração puro.
Contigo, sei que isso é possível! Com Tuas Mãos puríssimas, purifica o meu interior e devolve-me a alegria de fazer deste pobre coração a Tua morada. Amém.
Repita muitas vezes, neste 4º dia, a seguinte jaculatória:
"Jesus, pelo poder do Teu Sangue Redentor, suplico que purifiques o meu coração"

Ø Quinto dia

"Ao sair de Jericó, uma grande multidão O seguiu. Dois cegos, sentados à beira do caminho, ouvindo dizer que Jesus passava, começaram a gritar:
'Senhor, Filho de Davi, tem piedade de nós!'. A multidão, porém, os repreendia, para que se calassem.
Mas, eles gritavam ainda mais forte: 'Senhor, Filho de Davi, tem piedade de nós!'.
Jesus parou, chamou-os e perguntou-lhes: 'Que queres que Eu vos faça?'.
'Senhor, que nossos olhos se abram!'. Jesus, cheio de compaixão, tocou-Lhes os olhos com as Mãos.
Instantaneamente recobraram a vista e puseram-se a segui-Lo" Mt 20, 29-34.
Coloco-me hoje também em Teu Caminho para suplicar: "Jesus, Filho de Davi, tem piedade de mim!".
Senhor, volve para mim o Teu olhar e vê como o meu corpo, a minha mente e a minha alma necessitam urgentemente de cura.
Impõe sobre mim Tuas Mãos Milagrosas e realiza esta cura profunda e total que tanto espero para poder servi-Lo muito mais e melhor. Amém.
Repita muitas vezes, neste 5º dia, a seguinte jaculatória:
"Jesus, pelo poder do Teu Sangue Redentor, suplico minha cura profunda e total"

Ø Sexto dia

"Durante a refeição, Jesus tomou em Suas Mãos O Pão, abençoou-O, partiu-O e O deu aos Seus discípulos, dizendo: 'Tomai e comei, isto é o Meu Corpo'.
Tomou depois o cálice, rendeu graças e O deu, dizendo: 'Bebei d'Ele todos, porque isto é o Meu Sangue, o Sangue da Nova Aliança, derramado por todos, em remissão dos pecados..." Mt 26, 50b-52.
Jesus, meu coração transborda de gratidão porque, mesmo sabendo que eu jamais teria merecimento para receber tal graça, Tu Te fazes alimento no altar, oferecendo-Te a mim pelas mãos dos sacerdotes e ministros, extensão de Tuas Mãos generosas.
Dá-me a graça de sempre buscá-Lo com ardor, para que eu não desfaleça no meio da jornada rumo ao Teu encontro. Amém.
Repita muitas vezes, neste 6º dia, a seguinte jaculatória:
"Jesus, pelo poder do Teu Sangue Redentor, suplico que jamais me falte o Pão da Vida"

Ø Sétimo dia

"Chegados ao lugar chamado Calvário, ali O crucificaram, como também os ladrões, um à direita e outro à esquerda...
Era quase à hora sexta e em toda a terra houve trevas até a hora nona. Escureceu-se o sol e o véu do Templo rasgou-se ao meio.
Jesus deu, então, um grande brado e disse: 'Pai, nas Tuas Mãos, entrego o Meu espírito'" Lc 23, 44-46.
Jesus, hoje entendi porque abraçaste com tanto amor a Tua Cruz.
É que através dela provavas Teu amor eterno por mim e conquistavas, ao preço de Teu Preciosíssimo Sangue, a minha salvação.
Com a ajuda de Tuas Mãos chagadas, a partir de agora, quero abraçar também com amor a minha cruz, pois entendi que só através dela poderei ser eternamente feliz Contigo. Amém.
Repita muitas vezes, neste 7º dia, a seguinte jaculatória:
"Jesus, pelo poder do Teu Sangue Redentor, suplico a graça de suportar minha cruz a cada dia"

Ø Oitavo dia

"Junto à Cruz de Jesus estava de pé Sua Mãe... Quando Jesus a viu e junto dela o discípulo que amava, disse à Sua Mãe: 'Mulher, eis aí o teu filho'.
Depois disse ao discípulo: 'Eis aí a tua Mãe'. E desta hora em diante o discípulo a levou para a sua casa" Jo 19, 25a.26-27.
Jesus, Tua Mãe, que foi a primeira a ver, segurar e beijar Tuas Mãozinhas em Belém, foi também a primeira a ver, segurar e beijar Tuas Mãos adoradas, atravessadas e ensangüentadas, quando Te depositaram, sem vida, em seu colo.
Aceitar Maria e chamá-la de minha Mãe é desejar que ela esteja comigo, conduzindo-me pela mão, agora e na hora da minha morte, como sempre esteve Contigo. Amém.
Repita muitas vezes, neste 8º dia, a seguinte jaculatória:
"Jesus, pelo poder do Teu Sangue Redentor, suplico a presença maternal de Maria junto a mim"

Ø Nono dia

"Estando trancadas as portas, Jesus pôs-Se no meio deles e disse:
'A Paz esteja convosco!' Depois disse a Tomé: 'Introduz aqui o seu dedo, e vê as Minhas Mãos...
Respondeu-Lhe Tomé: 'Meu Senhor e meu Deus'" Jo 20, 26b-28.
Jesus, nas Tuas Mãos ressuscitadas e estendidas em minha direção, deposito a minha vida, e concedo a Ti, meu Senhor e meu Deus, plena liberdade de dispores de mim segundo a Tua Santa Vontade.
Dá-me, apenas, a graça da fidelidade total até o útlimo instante de minha vida e serei eternamente grato a Ti. Amém.
Repita muitas vezes, neste 9º dia, a seguinte jaculatória:
"Jesus, pelo poder do Teu Sangue Redentor, suplico a graça de ser fiel a Ti até o fim"

2 comentários:

  1. Esta novena é poderosa, milagrosa, mesmo. Saudações a todos. Que estejam na Paz de Cristo!

    ResponderExcluir
  2. venho pedir pela cura fisica de mayara raissa da silva que se em contra na UTI com uma forte diabete venho pedir sua cura nossa senhora pois sei que tudo podeis e que nunca nois abandona AME.

    ResponderExcluir

TERÇO DOS HOMENS

A importância do perdão, principalmente dentro do ministério de música. (Gil Duarte - CN)

TERÇO DA DIVINA MISERICÓDIA

TERÇO DA DIVINA MISERICÓDIA

Divina Misericórdia

Como rezar?

No princípio:
Pai Nosso…Ave Maria…Creio.

Nas contas grandes:
Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e o Sangue, a Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação de nossos pecados e os do mundo inteiro.

Nas contas pequenas:
Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

No fim do terço (dizer 3 vezes):
Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro.

ministério de louvor

ministério de louvor

Flavinho - Zuleika - Maike

Flavinho - Zuleika - Maike

Vinícius - Flávio - Zuleika

Vinícius - Flávio - Zuleika

Élida - Karen - César

Élida - Karen - César
Procissão do Encontro

Postagens populares